español   français   english   português

dph participe la coredem
fr.coredem.info

rechercher
...
dialogues, propositions, histoires pour une citoyenneté mondiale

Politica de comunicacao das ONGS : O fenomeno das redes de movimentos no surgimento da nova trindade

(La politique de communication des ONG : le phénomène des réseaux)

Marcio VIEIRA DE SOUZA

11 / 1993

Com a derrocada do socialismo de estado no leste Europeu, nao se fala mais da tradicional trindade nas concepcoes de desenvolvimento: capitalismo avancado (1°mundo), socialismo de estado (2°mundo)e paises em desenvolvimento ou subdesenvolvidos (3°mundo). Atualmente parece que uma nova trindade esta tomando o seu lugar. Fala-se agora do caminho do Estado, do Mercado e de um caminho, cujas dimensoes ainda sao incertas, cuja importancia e potencialmente enorme: o da sociedade civil. (1)

No Brasil, a sociedade civil tem se organizado com grande rapidez a partir dos anos setenta. Os movimentos de resistencia dos anos setenta se transformaram em movimentos sociais massivos nos anos oitenta. Com o avanco da democratizacao do pais e com a conquista de novos espacos na sociedade e no estado (conquista de sindicatos, governos municipais, etc)os chamados novos movimentos sociais encontraram-se no final dos anos oitenta e principio dos anos noventa, diante do desafio da institucionalizacao: era preciso profissionalizar e institucionalizar

O surgimento das Organizacoes Nao governamentais

O termo ONG (organizacao nao governamental)comecou a ser usado em meados da decada de oitenta, por entidades civis de direito privado, sem fins lucrativos, misturando trabalho profissional e militancia politica, dentro de um quadro de crescente cooperacao internacional com entidades nao governamentais e agencias financiadoras de trabalhos sociais sediadas em paises do norte. Hoje as ONGs no Brasil somam cerca de 3000 entidades segundo diversos cadastros e pesquisas. (2)

Mots-clés

ONG


, Brésil

Commentaire

Se nos anos oitenta as ONGs foram um espaco de questionamento e de oposicao, de articulacao da sociedade civil para pressionar o Estado, nos anos noventa com o aumento da conquista de espacos institucionais (sindicatos, prefeituras, universidades)muitas ONGs falam em contribuir para a construcao de politicas publicas alternativas. Os movimentos sociais comecam a participar e criar redes de movimentos locais , nacionais e internacionais.

Notes

Ver(1)Wolfe,Alan:Tres caminhos para o desenvolvimento:mercado, estado e sociedade civil in Desev. e Coop. Internac. e Ongs; IBASE/PNUD,1992.(2)Ladim, Leila, O "setor" sem fins lucrativos no Brasil: historia, tendencias e debates recentes, serie Textos de pesquisa, ISER, Rio de Janeiro, julho de 1993

Source

Autre

SOUZA, Marcio Vieira de, DIALOGO-CULTURA E COMUNICACAO

Dialogo Cultura e Comunicacao - Rua Dep. Antonio Edu Vieira, nr.65, apt. 204/D, Bairro Pantanal, Florianópolis-SC, BRASIL - Brésil - mvsouza (@) univali.br

contact plan du site mentions légales