español   français   english   português

dph participe la coredem
fr.coredem.info

rechercher
...
dialogues, propositions, histoires pour une citoyenneté mondiale

Terra e vida Catarina

Um video feito pelos trabalhadores sem terra

("Terre et vie Catarina" Une vidéo réalisée par les travailleurs sans terre)

Marcio VIEIRA DE SOUZA

10 / 1994

Desde april de 1993, o Movimento dos trabalhadores rurais sem terra (MST)de Santa Catarina vem discutindo com o Dialogo-Brasil (apoiado pela Fundaçâo para o progresso da humanidade, Franca)e com Cocevia (Italie)a possibilidade de produzir um video sobre a sua historia, lutas e conquistas nest estado do Sul do Brasil.

O MST vinha sentindo a necessidade de produzir um video que resgatasse a memoria do movimento, que mostrasse as suas conquistas nestes dez anoz de luta e servisse de propaganda institucional do mesmo.

Depois de algumas discussôes com assessores do Dialogo, a direcçâo do Movimento desenvolveu um trabalho de resgate de materiais audiovisuais (fotos e fitas de video)sobre a sua historia. Foram mais de 60 horas de fitas de video gravadas, resgatadas, em paroquias, casa de amigos, entitades sindicais, organizacôes governamentais e nâo governementais.

Quando a direcçâo do MST conseguiu resgatar este material, imaginou que o video "estava quase pronto", que somente com acabamento, uma ediçâo final teriam o video que precisavam. Foi neste momento que contataram o Dialogo que elaborou um mini-projeto para a Comunidade europeia.

Com a aprovaçâo do projeto para setembro de 1993, o Dialogo recebeu o material resgatado e comecou a discutir com os representantes do MST a proposta de roteiro e finalizaçâo do video. Depois analisar boa parte do material resgatado (fitas VHS amadoras com qualidade sofrivel, imagens copiadas da TV em PAL-M, depoimentos importantes com problemas sonoros, etc.)e discutir as necessidades e expectativas do Movimento em relaçâo ao video, chegou-se a conclusao que muito trabalho ainda estava por vir.

Em agosto de 1993, os assessores do Dialogo fizeram uma reuniao de planejamento com os responsaveis pelo video junto a direcçâo do MST. A partir dai, ficou constatada a necessidade de uma ampliaçâo das gravaçôes (depoimentos de liderancas, imagens de produçâo das cooperativas, etc.)bem como uma melhor definiçâo sobre os objetivos do video para produçâo de um roteiro de gravaçâo. Desde entâo, Dialogo desenvolveu junto ao MST um processo e uma metodologia participativa de produçâo do video. Durante oito meses, alem de discutir com as liderancas do Movimento todos os passos da produçâo do video, um grupo de agricultores participou efetivamente da produçâo e realizaçâo do audiovisual.

Grande parte do trabalho foi realizado no municipio de Dionisio Cerqueira, extremo oeste de Santa Catarina, junto com um grupo de agricultores do assentamento "Conquista da fronteira". Estes agricultores fizeram parte nâo so da produçâo do video mas tambem como actores da parte ficcional do mesmo. Grande parte do roteirao ficcional foi baseado em uma peca de teatro sobre a vida e a historia destes agricultores, produzida e interpretada por eles mesmos. Durante todo o processo de produçâo do video, inclusive durante a realizaçâo do roteiro final para ediçâo, houve acompanhamento e participaçâo direta do Movimento dos sem terras. A direçâo do MST elegeu dois representantes que, durante todo o processo de produçâo do video, acompanharam das decisôes finais de ediçâo.

Esse processo participativo que o Dialogo ja havia desenvolvido em outros trabalhos com agricultores, foi aprimorado neste trabalho com o MST, pois este grupo de agricultores possui um grau de organizaçâo. Este fato permitiu que dentro das possibilidades reais existentes, se produzisse um video com um alto grau de participaçâo dos agricultores : na produçâo, representaçâo, roteiro e direçâo.

Mots-clés

vidéo, méthodologie, milieu rural


, Brésil, Santa Catarina

Commentaire

Apos a ediçâo final, o MST realizou o lancamento do mesmo em Chapeco, no Oeste Catarinense, tendo como convivado especial o Bispo de Chapeco, Dom Jose Gomes, um dos fundadores da Comissao pastoral da terra no Brasil. Dom Jose foi homenageado e recebeu de presente do MST uma copia da fita do videao "Terra e vida Catarina". Dom Jose falou da importancia do video : "Estou emocionado com o que acabo de ver. Este trabalho realizado por voces e de uma importancia muito grande. E o resgate da nossa historia, e a lembranca das lutas dos nossos companheiros transformada em video. Precisamos de mais trabalhos, de mais videos como esse".

Notes

A distribuiçâo do video sera feita pela ABVP (Associaçâo brasileira de video popular)e todos os direitos autorais estao reservados para o MST.

Ficha traduzida ao francés, MFN 4577. Informaçao nao comunicada; contactar o autor da ficha.

Source

Document vidéo

Dialogo Cultura e Comunicacao - Rua Dep. Antonio Edu Vieira, nr.65, apt. 204/D, Bairro Pantanal, Florianópolis-SC, BRASIL - Brésil - mvsouza (@) univali.br

contact plan du site mentions légales