español   français   english   português

dph participe la coredem
fr.coredem.info

rechercher
...
dialogues, propositions, histoires pour une citoyenneté mondiale

Esperar nao e saber

Com poesia e organizacao acontece o XXXVI congresso nacional de estudantes de agronomia

Cristiana TRAMONTE

09 / 1993

Cerca de 700 estudantes de todo o Brasil estiveram reunidos de 15 a 21 de agosto de 1993, na cidade de Florianopolis, estado de Santa Catarina no XXXVI Congresso Nacional dos Estudantes de Agronomia discutindo diversos aspectos relativos ao tema "Terra, teto e cidadania: a consciencia da realidade e o resgate do compromisso com a sociedade".Um dos painéis tematicos foi "Espaco no estomago. Alimento para o povo a realidade mundial"que partiu de uma analise de conjuntura nacional e mundial abordando especificamente questoes relativas a agricultura, em especial a questao agraria.Para tratar do assunto, os palestrantes tomaram como pano de fundo a exposicao dos atuais blocos politicos e economicos, as questoes colocadas pos revolucao verde (patenteamento, biotecnologia, ambientalismo)e a Reforma agraria do estado neoliberal brasileiro.

Outro painel intitulou-se "Terra,teto e cidadania" e partiu da analise da proposta de desenvolvimento do pais para analisar as problematicas rurais e urbanas e a acao dos movimentos sociais, sindicatos e demais organizacoes populares.Perpassou pela discussao a problematica do exodo rural e o inchamento das grandes cidades com o consequente declinio da qualidade de vida, a falta de condicoes de moradia, saude e emprego,a violencia no campo, e a organizacao dos produtores, trabalhadores sem terra, sem-teto,etc.

Com a intencao de promover a participacao estudantil nos problemas da sociedade civil, o painel "A realidade social e o Ensino superior" lembrou a responsabilidade da Universidade e do Ensino e Pesquisa no desenvolvimento do pais, como instituicao geradora de conhecimento e de profissionais que cumpram um papel social que contribuia para a democratizacao; discutiu ainda diretrizes dos curriculos, vinculacao dos projetos de pesquisa com as problematicas sociais e a natureza da extensao como prestadora de servicos ou como promotora do desenvolvimento.Os participantes abordaram ainda a privatizacao do ensino e a baixa qualidade do ensino atual.

"Esperar nao e saber/ quem sabe faz a hora/ nao espera acontecer/" nao e somente um trecho da poesia do brasileiro Geraldo Vandre que inspirou os movimentos estudantis do final da decada de 60.Hoje, 30 anos depois, deu nome a um painel dos estudantes de Agronomia que ai discutiram a acao do Movimento estudantil no meio universitario, na sociedade e sua relacao com outros movimentos sociais; analisou ainda suas dificuldades sociais, a necessidade de resgatar suas bandeiras de luta e sua trajetoria ao longo da historia. Um ponto polemico foi a relacao com os partidos politicos.Ao final, a organizacao dos estudantes de agronomia e a constituicao de um forum executivo a nivel nacional.

Alem dos quatro paineis houveram grupos de trabalho: Agricultura alternativa, ciencia e tecnologia, extensao e interdisciplinaridade, formacao profissional, juventude e cultura, movimentos sociais, organizacao de entidades e relacoes internacionais.As oficinas trataram de arte e cultura, comunicacao estudantil, formacao e continuidade do Movimento Estudantil ,planejamento estrategido para entidades estudantis e qualidade de ensino.

Mots-clés

agriculture, développement rural, politique agricole, réforme agraire


, Brésil, Santa Catarina

Commentaire

O Encontro Nacional contribui para o resgate de uma importante forca social brasileira de transformacao: a organizacao estudantil. Mais louvavel e relevante ainda porque se trata de estudantes de agronomia os quais, historicamente, nem sempre estiveram na vanguarda das mobilizacoes. Hoje organizam-se com uma clareza lapidar de seu papel social buscando aliar a competencia tecnica a o compromisso politico como diziam alguns educadores, numa demonstracao de que estao se formando quadros capazes de propor solucoes de governabilidade para o pais.A participacao intensa de estudantes de quase todas as regioes ja significa uma alteracao da cultura politica deste segmento que hoje se dedica a propor e discutir uma das questoes cruciais do Brasil: a Reforma Agraria, demonstrando que nao e somente possivel, mas adequada a um pais com estas caracteristicas.

Notes

Ficha traduzida em frances, MFN 3717

Source

Compte rendu de colloque, conférence, séminaire,…

TRAMONTE, Cristiana, DIALOGO CULTURA E COMUNICACAO

Dialogo Cultura e Comunicacao - Rua Dep. Antonio Edu Vieira, nr.65, apt. 204/D, Bairro Pantanal, Florianópolis-SC, BRASIL - Brésil - mvsouza (@) univali.br

contact plan du site mentions légales