español   français   english   português

dph participe la coredem
fr.coredem.info

rechercher
...
dialogues, propositions, histoires pour une citoyenneté mondiale

DIALOGO e seus parceiros

Uma experiencia pratica sovre os usos sociais da informaçao na rede DPH

(DIALOGO et ses partenaires Une expérience pratique sur les usages sociaux de l’information dans le réseau DPH)

Cristiana TRAMONTE, Marcio VIEIRA DE SOUZA

01 / 1995

A Associacao DIALOGO-Cultura e comunicacao atua na regiao sul do Brasil, particularmente no estado de Santa Catarina. DIALOGO desenvolve um trabalho na area de cultura e comunicacao popular, em parceria com movimentos sociais populares (movimentos de trabalhadores rurais, movimento de meninos e meninas de rua, movimento ecologico, movimento sindical urbano, movimento de valorizacao da cultura negra, movimento pela democratizacao da comunicacao).

A rede DPH pode pensar os usos sociais da informacao por varios pontos de vista.Citaremos tres niveis de atuacao de Dialogo e seus parceiros.

Primeiramente,DIALOGO utiliza e divulga informacoes recebidas da base de dados DPH, buscando tornar estes dados uteis socialmente para grupos, movimentos e organizacoes com as quais trabalha com a intencao de democratizar a informacao. Em seus cursos de base na area de comunicacao popular e nos veiculos de comunicacao (impressos,radio,etc)aos quais tem acesso, DIALOGO divulga e populariza as fichas DPH de outros grupos que tenham experiencias que possam contribuir para a reflexao de suas proprias experiencias.Por exemplo, os intercambios culturais realizados, com pessoas de outros paises que vem conhecer a regiao -alguns da rede DPH- servem para estimular a troca de conhecimentos e informacoes .

O segundo nivel de atuacao e o exercicio da metodologia de producao de fichas: o envolvimento dos grupos de base na producao de fichas a nivel local, (antes mesmo de incluir-las na base de dados)e as formas de devolucao desta informacao aos grupos. Assim, Dialogo e seus parceiros buscam contribuir na promocao de processos de participacao na producao da informacao realizada pelos grupos de base com uma metodologia participativa que possibilite que as informacoes produzidas tenham uma contribuicao, multilateral, pluralista, que reflita a complexidade e a diversidade .Ou seja,o que se busca e transformar o objetivo de fazer fichas em um espaco "locus" de reflexao, um pretexto para a producao, valorizacao e troca de informacao dos produtores, seus grupos locais e rede de parceros. DIALOGO tem realizado algumas experiencias de metodologia participativa utilizando as fichas DPH. Uma delas, mais recente, foi a producao de fichas DPH junto com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra-MST durante a producao de um video sobre a historia do MST.A producao do video "Terra e Vida Catarina- a luta dos trabalhadores Rurais Sem terra", teve uma metodologia participativa- desde o roteiro ate a edicao final contou com a participacao dos trabalhadores rurais.Os assessores do DIALOGO utilizaram as fichas DPH para registrar e divulgar a experiencia do video e do movimento. Foram utilizadas as anotacoes das fichas para varias discussoes com os agricultores sobre como desenvolver a producao. Agora, depois de lancado o video , as fichas DPH estao sendo utilizadas para divulgacao ,analise e pesquisa junto a estudantes de comunicacao em uma Universidade local

O terceiro ponto e, atraves das novas tecnologias,a articulacao das redes micros (locais)com as redes macros (internacionais). A rede DPH pode ser um espaco de valorizacao das experiencias locais e ter utilidade pratica para os grupos de base, se atraves das novas tecnologias da informacao (banco de dados, correio eletronico, conferencias eletronicas,etc)conseguir dar agilidade para as suas informacoes. Desta forma, fichas que podem ser uteis como resgate cultural, muitas vezes poderam ter utilidade conjuntural tambem importantes. DIALOGO participa da Rede Vozes do Silencio- comunicacao pela base, que utiliza as fichas dph como rede tematica na area de cultura e comunicacao popular. Recentemente a Rede Vozes inaugurou uma conferencia eletronica, onde sao divulgadas informacoes sobre democratizacao da comunicacao bem como a proposta do DPH. Esta agilidade, e o fato de os grupos locais poderem visualizar e se comunicar quase instantaneamente com grupos de varias partes do mundo, tem dado maior credibilidade e criado mais interesse pelo DPH. Um exemplode utilizacao concreta da informacao foi o caso um grupo comunitario local que possui uma radio de alto falante que sofreu um atentado a tiros contra o seu aparelho. Para ir a policia denunciar a agressao, chamaram os assessores de DIALOGO e levaram fichas DPH- que falam de sua experiencia- para mostrar ao delegado de policia a importancia do seu trabalho: "conhecido mundialmente "(atraves do Banco de Dados DPH). Uma das utilizacoes da conferencia eletronica da Rede Vozes do Silencio tem sido as denuncias contra cerceamento ao direito a informacao, bem como solidariedade aos agredidos (jornalistas, radios e tvs comunitarias,etc)em todas as partes do mundo.

Mots-clés

ONG, culture populaire


, Brésil, Amérique Latine

Commentaire

Estes elementos de metodologia comentados nao podem ser uma regra, um modelo.A riqueza do DPH se deve sobretudo por sua vocacao de ter em sua essencia, a proposta de articular grupos distintos, diversos, em torno da comunicacao e da informacao. Essa riqueza e diversidade pode ser a forca do DPH. Assim, a confeccao de fichas- en vez de um dever - passa a ser um espaco dinamico de intercambio de experiencias. O importante e nao sobrepor a tecnica ao conteudo e valorizar a rede DPH como o articulador do dialogo entre diferentes redes, grupos e pessoas. A rede DPH tem a possibilidade de promover a ligacao entre diferentes redes com objetivos especificos. A Rede DPH pode tornar-se um instrumento horizontal importante de divulgacao democratica contribuindo para o reconhecimento da cidadania de povos marginalizados, na medida em que pode alimentar e promover, direta ou indiretamente, a producao de informacoes a partir do ponto de vista daqueles que nao tem voz.

Source

Rapport

TRAMONTE, Cristiana; VIEIRA DE SOUZA, Marcio, DIALOGO CULTURA E COMUNICACAO, DIALOGO CULTURA E COMUNICACAO (BRASIL)

Dialogo Cultura e Comunicacao - Rua Dep. Antonio Edu Vieira, nr.65, apt. 204/D, Bairro Pantanal, Florianópolis-SC, BRASIL - Brésil - mvsouza (@) univali.br

contact plan du site mentions légales