español   français   english   português

dph participe à la coredem
fr.coredem.info

rechercher
...
dialogues, propositions, histoires pour une citoyenneté mondiale

Bajular ou ser bajulado…uma questão de poder ?

Wyára Jane de Oliveira GALVÃO

05 / 1997

Fala-se muito em falta de integridade, honestidade, caráter dos políticos (dos corruptos) do nosso mundo, esquecendo-se, porém, das pessoas que compartem, articulam, bajulam (os corruptos), vivem na sombra para ter e conseguir proveitos próprios.

Algumas pessoas parecem, realmente, saber « dançar conforme a música ». Pessoas que ficam onde está o poder, a sua política de vida é estar sempre se dando bem independentemente da sigla partidária, ideologia, ideais sociais. São pessoas que agem como diz Chico Anísio, no personagem Justo Veríssimo: « Detesto pobre », « pobre que se exploda ». Existe um casamento perfeito, com certeza, entre os políticos (corruptos) e os bajuladores (corruptores), não há um só político que falcatrue sozinho, há um complô muito bem feito entre o grupo onde acumula riqueza, oprime e massacra o povo, existindo, também, uma competição muito grande, pelo poder e luta pela sucessão.

O favoritismo é o que faz a diferença entre as pessoas. A riqueza de particulares faz com que fique mais fácil que esse grupo de pessoas falcatruem, de todas as formas, os menos esclarecidos e informados. Algumas pessoas muitas vezes imaginam a sua realização dentro do esquema de uma sociedade idólatra, que adora os deuses da riqueza e do poder. Ao invés de realizar-se, a pessoas encontra-se presa à cobiça e à inveja, que produzem todo tipo de conflitos e competições, levando, até mesmo, algumas à morte.

O mais importante é que nós que não fazemos parte desse grupo, que se favorece com o trabalho e o dinheiro das outras classes sociais, saibamos ter a capacidade e a sabedoria de perceber que o mais importante dentro das situações políticas é mostrar aos menos informados a história como ela se repete. Essa história que se faz a cada instante de nossas vidas, permitindo ou não que as coisas aconteçam em todas as instâncias, dando margem aos historiadores de mostrarem ao mundo os fatos que movem e transformam as sociedades, às vezes nem tanto anônimas ».

Mots-clés

changement social, corruption


, Brésil, Caruaru, Pernambuco

dossier

Stimuler la systématisation d’expériences pédagogiques

Notes

Wyára faz parte do Coletivo de Educadores de Jovens e Adultos de Pernambuco.

Através do insentivo à produção e leitura de fichas de capitalização de experiências pedagógicas, a rede BAM pretende favorecer a um processo de formação continuada junto a coletivos de educadores de jovens e adultos (hoje, existentes nos estados do Rio de Janeiro e Pernambuco). Está apoiado numa metodologia que valoriza a autoria e promove a interação entre educadores de diferentes contextos.

SAPÉ (Serviços de Apoio à Pesquisa em Educaçào) - Rua Evaristo da Veiga, 16 SL 1601, CEP 20031-040 Rio de Janeiro/RJ, BRESIL - Tel 19 55 21 220 45 80 - Fax 55 21 220 16 16 - Brésil - sape (@) alternex.com.br

contact plan du site mentions légales