español   français   english   português

dph participe à la coredem
fr.coredem.info

rechercher
...
dialogues, propositions, histoires pour une citoyenneté mondiale

O educador e a Demanda atual da sociedade - 4

(L’éducateur et la demande actuelle de la société - 4)

Mônica Luiza DE ALMEIDA

08 / 1996

Sempre que tem um encontro do Coletivo de Pernambuco eu fico na maior expectativa e sempre tenho a sensação que vai ser maravilhoso.

Este VI encontro está sendo como eu previa.

É uma troca de experiências maravilhosa.

Discutir o Educador e a Demanda Atual da Sociedade, realmente é um desafio, devido à amplitude de questões. Sinto que estamos conseguindo discutir as questões a partir das nossas próprias experiências, e isso tem sido muito proveitoso.

O que mais me impressiona é ver que embora as experiências sejam tão diversas, os problemas são bem parecidos. Isso porque os problemas não estão inseridos no espaço da Escola e sim na Sociedade como um todo.

Com todas essas discussões, cada vez mais acredito que o caminho da escola tem que estar comprometido com o cotidiano, o afeto e com as potencialidades de cada aluno. Como cita o texto « O que esperar da Educação do futuro ».

É a partir do aluno que se vai conseguir criar normas de convivência e de aprendizado, pois tudo deve ser discutido com o aluno.

Agora, a questão que mais me afeta é essa falta de perspectiva que o adolescente tem em relação ao futuro. Que trabalho? Que salário? E isso é uma questão maior da sociedade, da Política Econômica que dentro de uma escola só podemos resolver em parte.

A violência é outra questão que foge do espaço escolar, os meios de comunicação estão aí, pregando a violência a qualquer hora do dia.

Mesmo assim acredito que a arte e a Cultura têm um papel fundamental nessa construção. É com muito afeto e acreditando nas potencialidades de cada aluno que se pode mudar uma sociedade.

Mots-clés

éducation populaire, éducation


, Brésil, Pernambuco

Notes

Através do insentivo à produção e leitura de fichas de capitalização de experiências pedagógicas, a rede BAM pretende favorecer a um processo de formação continuada junto a coletivos de educadores de jovens e adultos (hoje, existentes nos estados do Rio de Janeiro e Pernambuco). Está apoiado numa metodologia que valoriza a autoria e promove a interação entre educadores de diferentes contextos.

SAPÉ (Serviços de Apoio à Pesquisa em Educaçào) - Rua Evaristo da Veiga, 16 SL 1601, CEP 20031-040 Rio de Janeiro/RJ, BRESIL - Tel 19 55 21 220 45 80 - Fax 55 21 220 16 16 - Brésil - sape (@) alternex.com.br

contact plan du site mentions légales