español   français   english   português

dph participe à la coredem
fr.coredem.info

rechercher
...
dialogues, propositions, histoires pour une citoyenneté mondiale

Educação e prazer

(L’éducation et le plaisir)

Maria Lúcia Silva CAVALCANTI

06 / 1997

Iniciamos o ano com um curso intensivo para os professores a procurarem sempre uma metodologia baseada na realidade dos alunos, em busca de uma aula prazeroza e interessante. Ao final desse curso vimos que a discussão ainda se iniciava e que esse processo de formação deveria ter continuidade. Estabelecemos que ele continuaria e marcamos outros encontros, inclusive com outras escolas comunitárias da comunidade.

As aulas se iniciaram e o tema trabalhado com os alunos no primeiro mês foi o conhecimento mútuo. Foi trabalhado, dois a dois, através de entrevistas entre os alunos, letras de músicas, escrita de carta para uma pessoa falando de si próprio, o dia do aniversário de cada um, etc...

Em maio, como decorrência de uma visita que fizemos a exposição de Monet, no Museu Nacional de Belas Artes, sentimos a necessidade de trabalhar arte com nossos alunos e convidamos duas estudantes de arte para iniciarem esse trabalho com os alunos, e percebemos então que através dos desenhos, os alunos colocam as suas emoções para fora. Demos um enfoque maior a um aluno de alfabetização, que nos seus trabalhos, sempre desenhava uma cruz e a educadora chamou esse aluno para conversar e perguntou qual era o significado daquela cruz em todos os desenhos que ele fazia e de repente esse aluno começou a chorar e a desabafar dizendo: "Eu perdi o meu avô que também era meu pai pois ele me criou. No ano passado ele faleceu e nem ao menos me deixaram ir ao enterro.

Esse aluno continua desenhando cruzes nos seus desenhos, só que agora ele desenha uma casa ao lado da cruz, e nós não sabemos o significado desta casa...

Em junho, trabalhamos o tema namorados, através de cartas, bilhetes e textos, os alunos gostaram bastante desse tema, pois é sempre muito gostoso falar de amor.

Neste mês de julho, estamos trabalhando o tema festas "julhinas" que está sendo como sempre um motivo de muitas alegrias em nossas preparações. Durante todo este mês, os nossos alunos estão trabalhando nas aulas com músicas "julhinas", receitas típicas e textos. Esse tema está sendo aproveitado de várias formas.

A nossa festa "julhina" será realizada no dia 18/7/97 no terraço da escola, que terá início com uma dança caipira e terminará com salgadinhos e bolinhos típicos. Os alunos terão duas semanas de férias.

Mots-clés

éducation populaire, éducation


, Brésil, Rio de Janeiro

dossier

Stimuler la systématisation d’expériences pédagogiques

Notes

Lúcia é alfabetizadora de adultos no Centro Comunitário da Rua 2, na Rocinha e integrante do Coletivo de Educadores do Rio de Janeiro.

Através do insentivo à produção e leitura de fichas de capitalização de experiências pedagógicas, a rede BAM pretende favorecer a um processo de formação continuada junto a coletivos de educadores de jovens e adultos (hoje, existentes nos estados do Rio de Janeiro e Pernambuco). Está apoiado numa metodologia que valoriza a autoria e promove a interação entre educadores de diferentes contextos.

Source

Texte original

SAPÉ (Serviços de Apoio à Pesquisa em Educaçào) - Rua Evaristo da Veiga, 16 SL 1601, CEP 20031-040 Rio de Janeiro/RJ, BRESIL - Tel 19 55 21 220 45 80 - Fax 55 21 220 16 16 - Brésil - sape (@) alternex.com.br

contact plan du site mentions légales